17 de maio de 2012

Acordei com alguém batendo à minha porta.. Adivinha? É a felicidade que acabou de chegar de viagem. Ela custou a voltar. Demorou.. Mas eu te avisei que ela voltaria, meu amor. Depois de toda essa tempestade a calmaria por fim chegou. Está tudo bem agora. Sinto que, por fim, o universo está conspirando a nosso favor. Então vem cá, chega mais pertinho de mim.. Deixe-me te abraçar, sentir seu cheirinho meio doce, meio acre.. Agridoce. Deixe-me provar novamente a doçura de seus lábios, a quentura de seus braços, abraços. Afagos. Permita-me alcançar o céu novamente apenas com um sorriso seu. Deixe-me te encher de carinhos e beijos, deixe-me fazer cafuné até você pegar no sono. Deite-se em meu colo, fique tranquilo. A felicidade agora está conosco, como nossa proteção, nossa fortaleza. Está tudo se ajeitando, se encaixando em seu devido lugar, anjo. Essa saudade chega a quase sufocar, mas basta lembrar de todo o seu amor por mim para que eu durma tranquila e sonhe com nós dois. E, de verdade? A eternidade é apenas uma parte do que quero e vou viver com você, amor. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário